Peito Seco

Nesse artigo entenda o famoso sintoma do Peito Seco, muito conhecido no meio dos criadores.


20/11/2010 - Alterada em: 09/01/2016  



O QUE É?

O “Peito Seco” é uma síndrome muito conhecida entre os passarinheiros, também é conhecida como "“Peito Quilha"” e "“Peito Faca”" dependendo a região do país.
Não é uma doença, mas sim uma conseqüência de múltiplos fatores relacionados aos hábitos alimentares, tratamento e acondicionamento da ave.

O nome é dado pelo fato do pássaro ficar magro na região abdominal, porém o nome correto da doença é "Caquexia", que ocorre estado de fraqueza progressiva, principalmente pela falta de apetite, mal estar e desgaste.

Vários fatores podem contribuir para que a ave venha a emagrecer, originando a caquexia, alguns dos fatores mais conhecidos são: Parasitismo crônico, tuberculose, cryptosporidiose, tumores, infecções crônicas por mycoplasma, coccidiose subclínica, diabetes, redução na alimentação devido a ansiedade, depressão, e magoas que podem ocorrer diante de uma perda de um parceiro de gaiola ou mesmo mudança de ambiente ou troca de dono.

O Peito Seco é uma doença terminal, raramente aves com esses sintomas conseguem se recuperar, mas se diagnosticado a tempo e com o tratamento correto, pode-se salvar a ave.

COMO EVITAR?

Para evitar a doença é simples, basta ficar atento aos sintomas mostrados no texto anterior, observar se a aves comem corretamente, se não estão sendo expostas a stress no transporte ou mesmo sendo alvo de espantos repentinos, ou mesmo a mudança de proprietário, por exemplo o pássaro já esta acostumado com o dono e quando ele faz o famoso “rolo ou troca”, o pássaro pode vir a contrair esses sintomas por sentir falta do antigo dono, mas o fato mais comum é sobre a alimentação, nunca fornecer nada gelado a ave, pois podem provocar infecções no sistema digestivo e respiratório, impedindo o a ave de se alimentar, provocando fraqueza e dando origem assim ao Peito Seco.

TRATAMENTO

Se a sua ave já esta com a doença, o que deve ser feito imediatamente, é isolar a ave, e oferecer a ela medicamentos que tentem reverter o quadro. Um dos medicamentos mais conhecidos no meio dos passarinheiros é o COCCIDEX, um medicamento facilmente encontrado em Pet Shops, Aviculturas, Agropecuárias e Loja Especializadas em Aves e Pássaros. Não é um medicamento caro, e a maioria é vendida fracionadamente, sendo assim você pode comprar apenas o suficiente para realizar o tratamento da ave infectada. Existem outros medicamentos como Penavit Plus, 100 P.S. e Peito Sadio, entre outros.

O Medicamento deve ser oferecido ao pássaro infectado, através do bebedouro, adicione a quantidade do medicamento conforme indicado na bula ou recomendada pelo médico veterinário na água do bebedouro e forneça essa água ao pássaro durante o período estipulado pela bula ou pelo veterinário.

Muitas pessoas usam esse medicamento mesmo quando não existe foco nem sintomas da doença, fazem apenas como prevenção, basta utilizar o medicamento com uma diluição maior do que a utilizada quando se tem a doença.

Esperamos que esse artigo tenha ajudado você a entender um pouco mais sobre essa doença.
Se tiver qualquer outra informação para acrescentar ou dúvida, envie um e-mail para [email protected] que estaremos dispostos a te atender.

Outros Posts

Curso de Inglês - Aprenda como ser fluente em até 6 meses

Curso de Inglês - Aprenda como ser fluente em até 6 meses

8 coisas que deve saber antes de comprar uma Calopsita

8 coisas que deve saber antes de comprar uma Calopsita

Causas da Diarréia em Aves

Causas da Diarréia em Aves

Lipidose Hepática

Lipidose Hepática



Comente este Post