Cistos de Pena

Os cistos de penas em canários podem ser hereditários ou induzidos por traumatismos.


25/04/2009 - Alterada em: 25/04/2009  



Os cistos de penas em canários podem ser hereditários ou induzidos por traumatismos. A possibilidade de uma transmissão de um animal para outro, através do contato direto do agente infeccioso viral, causando foliculite com formação cística secundária tem sido sugerida. Cistos cutâneos são caracterizados por um "espaço" epitelial circundado por conteúdo queratináceo, semelhante ao das unhas.

Caso um orifício do folículo da pena seja ocluído por trauma ou processo infeccioso, partes de queratina se acumulam no folículo resultando em cisto folicular. Podem ocorrer isoladamente ou de forma múltipla. 

Freqüentemente acometem as asas, o dorso ou o peito. Podem ser uni ou bilaterais simétricos. A textura do material dentro do cisto irá variar de acordo com o estágio evolutivo. 

Cistos maduros contem material queratinoso seco, e o cisto será maior, mais duro e menos vascularizado. Cistos epidérmicos têm sido descritos na derme e subcutâneo de periquitos. 

Aves de vida livre também são acometidas. Alguns criadores acreditam que certas diluições medicamentosas na água de bebida das aves podem promover o amadurecimento do cisto para posterior dissecação, mas nada foi comprovado cientificamente. 

Opções cirúrgicas dos cistos de penas incluem a incisão individual do cisto, remoção completa das penas acometidas ou lancetagem, curetagem e limpeza dos cistos de forma individualizada. 

Esta ultima técnica não é indicada se uma quantidade grande de cistos estiver presente, sendo que a mesma não prevenirá a formação de novos cistos da mesma região operada. Essas incisões geralmente são facilmente fechadas e em geral não resultam em aparências anormais. 

Devem-se preservar os folículos adjacentes e seu suprimento sanguíneo. Em alguns casos utiliza-se o bisturi eletrônico para cortar e realizar a hemostasia ao mesmo tempo, não havendo assim hemorragias. Bandagens elásticas são utilizadas para o controle de pequenos sangramentos. 

Aves com cistos de pena, não devem ser utilizadas como reprodutores, pois estes cistos é um fator genético hereditário, evitando assim a disseminação desta característica indesejável.
 

Escrito por: Luiz Celso Didone de Freitas
FONTE DE PESQUISA:
 www.animalexótico.com.br

 

Outros Posts

Como brincar com seu pássaro

Como brincar com seu pássaro

Sua Criação e os Cuidados com as Festas de Final de Ano

Sua Criação e os Cuidados com as Festas de Final de Ano

A polêmica do Jiló

A polêmica do Jiló

Policia Federal inicia operação contra tráfico de aves

Policia Federal inicia operação contra tráfico de aves



Comente este Post