Odontologia em Aves

Veja alguns problemas relacionados à odontologia veterinária em pássaros.


01/06/2007 - Alterada em: 12/01/2016  



Odontologia em Aves 1 

Estudos dos problemas odontológicos já ocorrem desde os tempos antigos (384 a.c. Aristóteles).
Assim, verificamos que o interesse pela odontologia em animais é tão antigo quanto o interesse pela própria medicina em animais.
Com Relação às aves mantidas em cativeiro, seja em zoológico, criadouros e parques ecológicos e os animais silvestres em geral, a ciência médica veterinária é indispensável para a manutenção da saúde desses animais.

Em relação à cavidade oral, entretanto, os cuidados médicos veterinários foram, durante muito tempo, negligenciados, apesar do bico ser o início do aparelho digestivo da ave e estrutura fundamental à sanidade geral do animal. É uma região anatômica de características únicas, no qual o diagnóstico de enfermidade pode, com grande freqüência, ser identificados em seus estágios iniciais, antes que o paciente esteja enfraquecido pela desnutrição provocada pela anorexia.

As aves têm particularidades anatômicas e sua boca é de estrutura óssea recoberta por tecido córneo, semelhante às unhas dos cães, e também possuem particularidades fisiológicas, pois a forma do bico é determinada pelo tipo de dieta da ave.

Vejamos alguns problemas orais encontradas em aves de cativeiro:

Crescimento excessivo do bico 
-Deformidades congênitas
-Problemas nutricionais
-Problemas parasitários
-Sarna Knemodocoptes ssp

Fraturas

Correção mediante procedimentos ortopédicos especiais e mudanças de hábitos alimentares:

As lesões traumáticas são comuns em aves cativas.
As fraturas de face e bico são graves e podem comprometer a capacidade da ave de se alimentar satisfatoriamente. Fraturas no bico são normalmente de difícil resolução e requerem técnicas especializadas de correção. Aves com fraturas e deformidades no bico podem se adaptar à nova condição e passar a alimentar-se satisfatoriamente com o defeito. Para essas aves, pode ser necessário fornecer alimentos amolecidos ou em pedaços que favoreçam a apreensão e ingestão.

Hipovitaminose A

Alta incidência de abscessos em toda a cavidade oral da ave (palato, glote e língua):

A deficiência de vitamina-A é comum em aves mantidas com alimentação não balanceada, principalmente aves com dietas a base de sementes e frutas. Os sinais clínicos são sinusite, infecções respiratórias, placas nodulares brancas na cavidade oral (diferenciar de candidíase).

Singamose: Parasitose de aves causada pelo Syngamus tracheae que provoca dificuldade respiratória e podemos até visualizar os parasitas na cavidade oral.

Tricomoníase: Causa placas caseosas amareladas na cavidade oral, língua, faringe, esôfago, papo e cloaca. A ave fica apática, anorética, com dificuldade respiratória e diarréia.

Bouba: Enfermidade causada pelo Poxvirus avium que atinge as aves, causando lesões proliferativas no bico, pálpebras e cavidade oral, com interferência no processo alimentar e morte por sufocação.

Candidíase: Caracteriza-se por aparecimento de membranas brancas e aveludadas na cavidade oral das aves, provoca diarréia e emagrecimento.

Tratamentos odontológicos em pássaros é um procedimento veterinário que vem crescendo a cada dia, mas que deve ser parte integrante de um programa geral de cuidados com a saúde das aves, visando a detecção precoce dos problemas e eliminação das causas de futuras condições patológicas.

A seguir, algumas imagens de problemas relacionados a odontologia em pássaros:

Escrito por: Jacqueline R. F. Cremoneze

 

 

 

Outros Posts

Ave confunde bola de golfe com ovo

Ave confunde bola de golfe com ovo

Quais são as causas de intoxicação nas aves?

Quais são as causas de intoxicação nas aves?

Néctar para Beija-Flores

Néctar para Beija-Flores

Trilha na Mata Atlântica tem lindas aves coloridas

Trilha na Mata Atlântica tem lindas aves coloridas



Comente este Post