Ração Extrusada para Pássaros

É muito comum encontrar pessoas que fornecem às suas aves café, pão, fubá, sementes de girassol, doces ou somente frutas. será que pode?


12/07/2007 - Alterada em: 13/01/2016  



É muito comum encontrar pessoas que fornecem às suas aves café, pão, fubá, sementes de girassol, doces ou somente frutas. Não é preciso ser um especialista para saber que essa alimentação é incorreta e trará sérios prejuízos à saúde da pobre ave de estimação.

Infelizmente, grande parte das aves tratada em clínicas veterinárias apresentam alguma patologia decorrente da desnutrição. Podemos citar as doenças respiratórias e renais decorrentes da hipovitaminose-A (deficiência de vitamina A), o raquitismo (em decorrência da falta de cálcio e vitamina D), mau empenamento, emagrecimento, obesidade, distúrbios e tumores hepáticos, distocia, infecções, parasitismo e tantos outros problemas diretos ou indiretos.

Sabe-se que sementes de girassol e amendoim são normalmente contaminadas com aflatoxinas, ou seja, toxinas produzidas por fungos que crescem naturalmente nas sementes. Em longo prazo, as aflatoxinas podem causar degeneração e mesmo tumores no fígado. Além disso, essas sementes são ricas em gordura, que podem levar ao aparecimento de aterosclerose, ou seja, a deposição de colesterol nos vasos do coração. Outros alimentos usualmente fornecidos principalmente aos papagaios são pobres em nutrientes. É o caso das frutas, que têm algumas vitaminas, mas são pobres em proteínas, gorduras e outros nutrientes essenciais. O pão e fubá são alimentos ricos em carboidratos (energéticos), mas pobres em nutrientes essências para o crescimento da ave. Filhotes criados com fubá não crescem satisfatoriamente e podem morrer logo nas primeiras semanas de vida.

Então, o que devemos fornecer para os pássaros em cativeiro?
Na natureza, a alimentação dessas aves é diversificada e balanceada naturalmente. Para resolver esse problema, surgiram as rações balanceadas para psitacídeos e passeriformes, que vêm prontas para uso. A ração peletizada ou extrusada pode ser comparada em seu formato e facilidade de uso às rações para cães, gatos e outros animais domésticos .

A ração extrusada possue alta digestibilidade que atende totalmente às exigências nutricionais de pássaros como Diamante de Gould, Mandarin, Manon, Calafate, papagaios, calopsitas, periquitos australianos, entre outros, podendo perfazer 100 % de sua alimentação. Contêm Prebiótico que promove o crescimento seletivo de bactérias benéficas presentes nos intestinos, diminuindo por competição os microorganismos patogênicos e prevenindo infecções intestinais. Seu uso evita problemas nutricionais, como excesso de gordura e deficiência de vitaminas, freqüentes nas dietas à base de sementes. Elaborada com ingredientes selecionados, vitaminas e minerais de alta qualidade, esta alimentação apresenta as cores, textura e aroma mais agradáveis aos pássaros. Proporciona considerável economia, já que o consumo é cerca de 30 a 40 % menor que o volume de sementes que seriam utilizadas, em função das cascas e do desperdício de sementes pelos pássaros.

Escrito por: Jacqueline R. F. Cremoneze

 

Outros Posts

Cuidado com os Pássaros no Inverno

Cuidado com os Pássaros no Inverno

Aprenda a criar codornas com essa apostila super prática!

Aprenda a criar codornas com essa apostila super prática!

ESCHERICHIA COLI (COLIBACILOSE)

ESCHERICHIA COLI (COLIBACILOSE)

10 Programas para gerenciar sua criação de pássaros

10 Programas para gerenciar sua criação de pássaros



Comente este Post